Novos Artigos
Loading...

Discriminação Racial em Creche de São Paulo

VÍDEO DO DIA
"PARÓDIA REDUBLAGEM DO DEADPOOL - EXCELENTE"



Estamos sempre dizendo a nossos filhos(as) que a escola é o melhor local para se ter um aprendizado e também fazer novas amizades. Eu sempre tive dúvidas quanto a isso, boa vontade dos mestres sempre houve, mas o apoio nunca existiu. Novas amizades também, mas os tipos de amizades são questionáveis.
A escola é onde perdemos nossos filhos para o mundo, é onde ele aprende pouquissímas coisas boas e tudo de ruim que se possa imaginar, entre elas o bullying e a discriminação.
E a discriminação vinda de funcionários da instituição de ensino é a pior, pois eles passam credibilidade aos alunos, afinal para as crianças em formação elas são as pessoas que tem o conhecimento de tudo.
Fiz todo esse discurso para mostrar um artigo que encontrei no site MSN, retirado do Catraca Livre, com o título "Creche em São Paulo pede que meninas alisem o cabelo para festa de Natal".
Vou reproduzir o artigo do MSN na integra, pois achei que não iria acrescentar muito com minha opinião pessoal.

"Um comunicado enviado pela creche da Associação Cedro do Líbano de Proteção à Infância, uma organização beneficente localizada na Zona Sul de São Paulo, aos pais de crianças que frequentam o espaço causou indignação nas redes sociais nesta terça-feira (01/12/2015).

A escola sugeriu que as meninas que elas usassem apenas “cabelo liso” para deixar a apresentação de Natal "ainda mais bonita". A imagem do pedido foi ilustrada com uma foto da atriz mirim Larissa Manoela, que interpreta a personagem Maria Joaquina, da novela infanto-juvenil Carrossel.

Assim que foi publicada nas redes sociais, a atitude da escola teve repercussão negativa, o que fez a escola divulgar um comunicado e investigar o ocorrido. Na página do Facebook do coletivo Levante Negro, a publicação sobre o caso teve mais de 1o mil compartilhamentos. Entre os comentários, pessoas postaram fotos de diversas crianças com o cabelo natural. A diretoria de ensino da região afirmou lamentar o episódio ao jornal Gazeta do Povo e ainda disse que o procedimento foi equivocado e individual de um funcionário, sem autorização da direção. Também afirmou que “já tomou as devidas medidas administrativas”."

Como notaram, uma mensagem claramente racista, até para um retardado, insinuando que cabelos crespos não é bonito numa menina, tanto mestiça como negra, sendo que nosso país em sua maioria é constituída por mestiços e negros.
Esse é um exemplo que devemos tomar para nossa forma de educar nossos filhos em casa. Temos a péssima mania de comparar e mostrar para eles, que o filho(a) de fulano(a) é mais bonito(a) e educado(a), porque obedecem aos pais fazendo o que eles mandam.
Tipos de comparação que não deveríamos fazer, mas fazemos por não conseguir com que eles nos ouçam. E o efeito negativo na criança pode ser devastador.
Visitem a página no Facebook do Levante Negro, e também deixe sua opinião, sem agressão verbal, apenas sua indignação e também uma imagem de filho(a) ou parente, mostrando não o orgulho, mas o prazer de fazer parte da diversidade de raças do nosso país.
Visitem o site da escola CLICANDO AQUI, e também deixe sua nota de indignação e repudio a esse ato isolado e infeliz de discriminação. Quero acreditar que tenha sido feito individualmente, sem o conhecimento da direção da escola.
Abaixo coloco fotos de crianças, que foram postadas na página do Levante Negro. Portando são de domínio público.
















NOTA DA ESCOLA NO SITE - CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR



VISITE NOSSO MELHOR PARCEIRO