Novos Artigos
Loading...

Mãe Obesa Emagrece Pela Filha

VÍDEO DO DIA
"PARÓDIA REDUBLAGEM DO DEADPOOL - EXCELENTE"




Esse é um daqueles casos em que a criança sofre bullying dos amigos por causa de um membro da família, seja pai, mãe, irmão, tios, etc..., e normalmente ela não conta nada em casa e defende até com violencia as piadas dirigidas a esse parente. Nesse caso também pode haver um certo rancor de quem está sofrendo com as piadas para o parente que é alvo das brincadeiras estúpidas que toda criança faz.
Não sei se esse caso especifico se encaixa na situação que citei, e apenas citei porque passei como vitima e também autor dese tipo de bullying, além de presenciar com outras crianças. Na época eu também era criança, o que não me livra e nem as outras de talvez ter feito outras crianças infelizes por um tempo.
Alertando a qualquer adulto que leia esse artigo, sempre procure conversar com as crianças da familia para saber se esse tipo de situação ocorre com elas, principalmente nas escolas. Crianças guardam segredos demais para não magoar os familiares. Podem acreditar.
As imagens são de Emma Dunne, de 32 anos, que resolveu emagrecer e perdeu metade de seu peso após saber que virou piada entre os amigos de sua filha por ser obesa.
Sua maior motivação foi quando Stephanie, de 10 anos, reclamou para ela dos comentários que ouvia na escola. "Ela chegou em casa e disse: 'mãe, todos na escola dizem que você está enorme'", contou Emma ao jornal britânico Daily Mail. “Eu fiquei arrasada ao saber que fazia minha filha passar vergonha. Eu queria que ela sentisse orgulho de mim”, disse. 
Com exatamente 152 kg, Emma estava tão acima do peso que seus filhos não conseguiam abraçá-la. Ela é mãe de Stephanie, de 10 anos, Siobham, de 7 anos, e Seamus de 6 anos. E para ela chegar a esse incrivel peso, ela conta que exagerava em porções de pizza, fast-food, queijos, doces e comidas prontas durante anos. “Eu passei a odiar o meu corpo. Fazer compras era um pesadelo”.
Após saber que sua filha estava sofrendo por causa de seu peso excessivo, ela tomou uma decisão radical: mudou sua alimentação, trocando “junk food” por frutas, legumes e alimentos integrais e começou a praticar exercícios com frequência. Uma pessoa que aprovou este comportamento foi, justamente, sua filha, Stephanie, demonstrando o tanto que ela se preocupava com a mãe. Assim que Emma atingiu seu objetivo, ela conseguiu abraçar sua mãe por completo pela primeira vez.
Desde que emagreceu, Emma viu sua saúde melhorar: ela conta que dorme melhor, come melhor e tem uma disposição enorme para fazer exercícios atualmente. Além disso, ela ganhou uma nova paixão: corrida. Em junho de 2013 ela completou uma minimaratona local, no Reino Unido, o que a motivou ainda mais para manter uma vida saudável. E fez uma confissão: de vez em quando, gosta de ir a lojas de departamento para experimentar roupas que estaria usando se não tivesse tomado a decisão de emagrecer.
Confira nas imagens o orgulho que a filha deve sentir da mãe agora. Não por ela estar magra ou que tenham acabado as piadas, mas por fazer tudo pela felicidade dela.

















VISITE NOSSO MELHOR PARCEIRO