Novos Artigos
Loading...

Amy Winehouse Agora é Membro do Clube dos 27

VÍDEO DO DIA
"PARÓDIA REDUBLAGEM DO DEADPOOL - EXCELENTE"



Pessoas do mundo inteiro estão chocados com a morte prematura de Amy Winehouse, que já era um final previsto mas não esperado tão repentinamente, ainda mais numa época em que obrigatoriamente teria que ter soluções imediatas para o vicio em drogas e bebidas, que as autoridades deixam invadir e destruir a vida dos jovens.
Apesar de não gostar do estilo musical de Amy, não posso deixar de admirar um talento musical que me fez escutar algumas musicas dela, apenas para confirmar o que todos já sabem, quando estava sóbria ela era insuperável na interpretação, com sua voz ela dava vida a um estilo nem um pouco apreciado entre os jovens.
Agora devemos usar a vida e morte de Amy e do "Clube dos 27" para conscientizar os jovens que embarcam na "onda" das drogas e bebidas, que esse é o final de toda pessoa que perde o objetivo de vida e se afunda na fossa do vicio.
Segundo o site TMZ, que citou fontes ligadas as investigações, a estrela ainda estaria viva quando a equipe de socorro chegou a sua casa. Os paramédicos teriam encontrado sinais vitais na britânica, mas não houve tempo suficiente para que a estrela fosse transferida para um hospital, não sendo especifico que tipo de sinais vitais ela ainda tinha, acrescentando que a policia trabalha com a hipótese de overdose, sem confirmar oficialmente antes do laudo da autópsia do corpo.
Amy morreu aos 27 anos de idade. E não foi a única no mundo da música. Listamos aqui dez personalidades do mundo da música que deixaram esse mundo no mínimo com metade da vida que poderiam ter.
A maioria das mortes foi causada por overdose de drogas. Confira e morra de medo com o sinistro mundo do "Clube dos 27".



Em 5 de abril de 1994, Kurt Cobain foi encontrado morto em seu apartamento, assim como Amy Winehouse. Até hoje, o suicídio do ex-vocalista do Nirvana não foi confirmado. Kurt tinha um currículo muito parecido com o da cantora inglesa. Conhecido por sua personalidade introspectiva, ele também era viciado em drogas e álcool, e dava vexames na frente das câmeras.
O guitarrista mais famoso do mundo, Jimmy Hendrix, também morreu aos 27 anos. Nascido em Seattle, Jimmy faleceu em Londres em setembro de 1970. O roqueiro teve uma overdose e morreu sufocado com seu próprio vomito em uma maca. Diferente de Amy, que já foi encontrada morta, Hendrix conseguiu ajuda médica, mas morreu a caminho do hospital.
Ele era sucesso entre o público feminino por sua música e beleza, e um dos maiores ídolos do mundo do rock na década de 1960. O ex-vocalista do The Doors, Jim Morrison, nasceu em Melbourne, e morreu em julho de 1971, em Paris. O roqueiro morreu vítima de um ataque cardíaco por uma overdose de drogas.
Nascida em Port Arthur, Janis Joplin foi uma das cantoras mais queridas do Rock and Roll. Janis morreu em outubro de 1970, também aos 27 anos, em Los Angeles. A causa foi overdose de heroína juntamente com álcool. A cantora também foi encontrada já morta em sua casa, depois de músicos e amigos ficarem a esperando para um show.
O caso da morte de Robert Johnson foi um tanto mais sinistra. Há quem diga que o guitarrista e cantor teria feito um pacto com o diabo. Johnson morreu em Mississippi em 1938. Ele foi envenenado supostamente pelo dono do bar em que tocava. O motivo? O homem queria se vingar por Robert ter dado em cima de sua esposa.
O guitarrista da banda Badfinger, Peter Ham, também é um dos famosos que morreram aos 27 anos. Ele nasceu em Swansea e morreu em Londres, em 1947. Por ter sido enganado e roubado por um empresário, o músico entrou em profunda depressão e se suicidou.
Kristen Ptaff é pouco conhecida no mundo do rock, mas também morreu aos 27 anos. A baixista da banda Hole (que tinha como vocalista Courtney Love, coincidentemente esposa de Kurt Cobain, morto aos 27) morreu em junho de 1994. Vale destacar que há quem diga que Kristen teve um curto caso com Cobain. Outro destaque: Kurt e Kristen morreram no mesmo ano. Mórbida coincidencia!
Baterista de sucesso da banda Echo and the Bunnymen, Pete de Freitas é um caso à parte no mundo do rock. Diferente de seus colegas de gênero musical, o músico morreu em um acidente de moto em junho de 1989.
Guitarrista e membro-fundador da banda de rock mega conhecida Rolling Stones, Brian Jones também morreu aos 27 anos. Ele faleceu em Essex, em julho de 1969. A causa da morte de Jones até hoje não é certa, mas um empreiteiro de sua casa confessou que teria feito parte de seu assassinato.
Vocalista e guitarrista da banda Big Star, Chris Bell também foi uma das vítimas da lenda dos “Clube dos 27”. O roqueiro morreu em dezembro de 1978 em um acidente de automóvel em Memphis.
O Cannet Heat foi uma das principais bandas de blues rock americanas dos anos 60, e Alan Wilson era seu guitarrista. O cara sabia tudo de blues, e conhecia a obra de cada grande nome do gênero. Future Blues (1968), melhor disco do grupo, teve grande participação de Alan. Ele foi encontrado morto pelos colegas de banda, vítima da mistura de duas garrafas de gin com comprimidos.
O baixista inglês, Gary Thain, é até hoje considerado um dos melhores da história do heavy metal, e viveu seus anos de ouro como integrante do Uriah Heep, participando de CDs como Demons And Wizards (1972). A coisa ficou feia para ele a partir de setembro de 1974, quando foi eletrocutado em cena. Conseguiu sair vivo, mas sua vida nunca mais foi a mesma. Foi demitido do Uriah Heep e, deprimido, morreu de overdose.
Ron McKernan era tecladista do Grateful Dead, uma das bandas mais malucas e experimentais da geração hippie. Ele era quem mais aparecia nos shows, pois sabia prender a atenção do público. Infelizmente, também bebia como se não houvesse amanhã, e morreu vítima de uma hemorragia gastrointestinal, que ganhou ao encher tanto a cara.
O cantor, compositor e guitarrista americano, D Boon, liderou o Minutemen, que não vendeu muitos discos, mas que era adorado pelos outros músicos. Ele ficou na posição de número 89 entre os melhores guitarristas de todos os tempos, em votação feita pela revista americana Rolling Stone. D Boon morreu em um acidente de carro, no qual não estava usando o cinto de segurança.
E agora Amy Winehouse, musicalmente uma raridade que o estrelato afundou nas drogas e bebidas, foi encontrada morta neste sábado (23/07/2011) em seu apartamento no bairro de Camden, em Londres, Amy Winehouse passa a fazer parte do sinistro "Clube dos 27".




"Você não será esquecida por Camden.Nós todos te amamos e vamos continuar a amá-la.Sua lenda sobreviverá". Camden Park Road.

Fonte



LINK CURTO PARA DIVULGAÇÃO NAS REDES  http://bit.ly/qZbo28  ( copie cole )

ACRESCENTE UMA RENDA EXTRA AO SEU SALÁRIO
VISITE NOSSO MELHOR PARCEIRO