04/11/2010




Mais uma vez Goiânia na midia nacional. Sempre relacionada a violência. Agora é maus-tratos num berçário na capital de Goiás. Imagens com uma câmera escondida, flagraram a dona da creche agredindo crianças na sala de aula.

O Ministério Público e a Polícia Civil, que já investigava o caso há um mês, já haviam pedido a prisão preventiva da suspeita, mas o juiz disse que não havia provas suficientes para prendê-la, por isso foram feitas as imagens. A mulher foi intimada para depor e está sendo tratada pela justiça "apenas" como suspeita.
No Portal G1, a delegada Adriana Acorsi, titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Goiânia, responsável pelas investigações disse: "Nós recebemos diversas denúncias anônimas de que as crianças eram agredidas em um berçário particular, e começamos a investigar. Como as crianças eram muito pequenas, e não seria possível colher depoimentos, optamos por instalar câmeras na área externa do berçário. Poucas horas de filmagem foram suficientes para revelar evidências de agressões físicas e psicológicas."
"É um ambiente de tortura, com choro constante. Algumas crianças passam o dia amarradas em carrinhos, são beliscadas e têm os dedos esfregados no muro até sangrar, o que a gente considera muito grave", afirma a delegada.
A verdade sobre quem denunciou e filmou as imagens, segundo o R7 Notícias foram três funcionárias indignadas com as constantes torturas que as crianças eram submetidas todos os dias. A policia só deu essa declaração para preservar a indentidade das funcionárias da creche e seu bem estar fisico, mas agora uma delas já se identificou, inclusive falando abertamente em entrevista a TV Record/Goiás.
Trechos da notícia atualizada no R7 Notícias :
" A pedagoga Ana Paula Campos de Souza achava que “tinha encontrado o melhor emprego”, quando foi trabalhar no Berçário Bebê Feliz, de Maria do Carmo Serrano. Um mês depois, a funcionária se transformou em testemunha daquilo que descreve como “cenas de terror”. Dentro da creche, ela conta que as crianças eram agredidas sistematicamente com tapas e xingamentos pela diretora, que fazia questão de aplicar castigos severos e demonstrar felicidade com a dor dos alunos. ´Maria do Carmo costumava rir quando via as crianças chorando depois que ela as agredia. A diretora contava de forma sádica para nós o que fazia com os alunos. E não deixava a gente intervir ou sair em defesa das crianças`.
A pedagoga relata ainda que, durante os sete meses em que trabalhou no Berçário Bebê Feliz, era comum ver Maria Carmo trancar os bebês mais novos dentro de um banheiro para que eles parassem de chorar. As crianças só cessavam o choro quando conseguiam dormir dentro do cômodo pequeno da escola
Maria do Carmo Serrano afirmou à reportagem da Rede Record que não agredia as crianças, mas “que é rigorosa com a educação delas”. À reportagem do R7, o advogado da dona da escola, disse que a cliente não irá se manifestar sobre o caso. Ele ainda afirmou que Maria do Carmo se apresentará à polícia, mas não informou o dia em que isso acontecerá ".
O VIDEO
Em uma das cenas gravadas, a mulher dá beliscões e tapas nas crianças, depois as agride com um chinelo. As imagens também mostram que a suspeita joga uma das crianças no chão e começa a sufocá-la com uma fralda.
Em outras cenas, um bebê é jogado no carrinho, depois uma menina é forçada a comer e vomita. A suspeita chega a jogar vômito no rosto da garota. Em outra imagem, como castigo, a mulher esfrega o dedo de uma criança no muro até sangrar.
Os pais pagavam R$ 300 por mês para deixar os filhos na creche, que fica em um bairro de classe média.
Outra coisa. Também foi solicitada a interdição do berçário. O estabelecimento, no entanto, permanece funcionando normalmente, segundo a polícia. Assim que houver mais noticias estarei atualizando. Por enquanto fiquem com os videos.








Aproveitando sua visita, peço que vote em minha foto no Concurso Revelaweb. Não precisa cadastrar, é só clicar no banner e votar na foto que vai aparecer. Se você quiser participar, continue no site, leia o regulamento, cadastre-se e envie suas fotos. E pode pedir meu voto. Basta enviar o link da foto pela Página de Contato do BomBlog News, que estarei votando em sua foto. Obrigado por sua atenção e voto.


.
Posted by William Dias on 21:41 in     4 comments »

4 comentários :

Anônimo disse...

Quem diz nunca ter batido no filho,naum passa de um hipocrita!!A unica diferenca desses do video é q eles foram filmados e colocados na midia

Anônimo disse...

A única diferença?

Você esfrega o dedo do seu filho na parede até sangrar e não grava?
Você sufoca ele com uma fralda?

Assi Sales disse...

É tudo muito chocante, mas não tanto quanto o "naum" (não) do intelectual do primeiro comentário. Kkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Essa mulher tem que morrer, e o anonimo do primeiro post podia ir junto tbm.....

que coisa horrivel!

GOOGLE+

PUBLICIDADE