Novos Artigos
Loading...

O Vexame da Patricinha no Japão

VÍDEO DO DIA
"PARÓDIA REDUBLAGEM DO DEADPOOL - EXCELENTE"




A "patricinha" Paris Hilton foi impedida de entrar no Japão dois dias depois que ela se confessou culpada por posse de cocaina e a tentativa de obstruir a justiça,  evitando com essa manobra juridica, a ficar presa por um ano. Ela ainda se comprometeu a não se envolver em confusões com a policia. Além disso vai pagar uma multa de US$ 2 mil dólares, pretar 200 horas de serviços comunitários e participar de um programa educacional antidrogas.

O Japão tem uma política de imigração rigorosa de proibir a entrada a pessoas condenadas por posse de drogas. Embora existam, de vez em quando algumas exceções, mas nenhuma delas foi feita para Paris Hilton.
"Estou voltando para casa, mas estou ansiosa para voltar ao Japão futuramente", disse ela aos jornalistas no Aeroporto Internacional de Narita, perto de Tóquio, antes de entrar em seu jato particular. Com esse fato foi cancelado outros eventos em Kuala Lumpur, Malásia e Jacarta, Indonésia, previstos para depois do evento em Tóquio.
Hilton deveria fazer uma apresentação em Tóquio na quarta-feira, de sua linha de perfumes e vestuário. Ela teve que passar a noite no hotel do aeroporto enquanto era decidido por agentes da imigração japonesa sua entrada no pais. O vexame só é amenizado porque ela não é a primeira celebridade a ser barrada no Japão. No passado, os Rolling Stones ficaram vários anos tentando entrar no pais. Em 1980 Paul McCartney foi preso por posse de maconha no aeroporto e depois deportado. Nas finais da Copa do Mundo de 2002, Diego Maradona foi inicialmente proibido de entrar, mas acabou sendo permitida sua entrada temporária.
O porta-voz de Paris, Dawn Miller, disse que há planos de voltar para cumprir os eventos cancelados, em nova visita.
"Paris está muito decepcionada e lutou muito para manter seus compromissos de negócios e ver seus fãs, mas ela é forçada a adiar seus compromissos na Ásia", ele disse em um comunicado. "Ela entende e respeita as regras e leis das autoridades de imigração no Japão e concordou com a decisão deles", completou.
Depois da decisão das autoridades japonesas de imigração, Paris Hilton lamentou o fato no Twitter.
"Estou voltando para casa agora", ela escreveu. "Estou muito desapontada por não ter encontrado meus fãs na Ásia. Prometo voltar em breve. Eu amo todos vocês! Amor, Paris."

A FELIZ CHEGADA NO AEROPORTO

DECEPÇÃO E VERGONHA NA PARTIDA


Esse é o preço pago por celebridades que se aventuram no uso de drogas, virar noticia no mundo inteiro, não por ações humanitárias, como a Princesa Diana, mas com vergonhosos vexames decorrente de sua conduta fora da profissão. Lamentável, mas parece que isso não vai abalar a Patricinha.


.
VISITE NOSSO MELHOR PARCEIRO